Dilma resolve fazer Governo de Coalizão e esquece de consultar Eu e Você!

 

Vendo essa notícia e conhecendo o contexto em que pode se dar um Governo de Coalizão, fiquei imaginando um diálogo entre Eu (um hipotético sonhador) e Você (pessoa desconhecida mais antenada)

Eu: E o que nós temos à ver se a Presidente resolve fazer um Governo de Coalizão?

Você: O que eu e você temos a ver se a Presidente resolve fazer um Governo Parlamentarista? Tudo, ela no mínimo deveria ter levado essa decisão a referendo popular. Se não, esse tal de Governo de Coalizão nunca terá legitimidade diante da Nação brasileira.

Eu: Parlamentarista?

Você: Sim porque Governo de Coalizão mesmo só pode se dar onde onde o regime de governo é Parlamentarista. Lá a caneta pertence a um Gabinete, que pode ser de coalizão ou não. Aqui a caneta que tudo aprova e que tudo autoriza está nas mãos da Presidente.

Eu: Mas como assim? Ela disse que seu Governo é um Governo de Coalizão!

Você: Eu explico em poucas palavras. No conceito dessas pessoas coalizão é uma expressão que quer significar uma espécie de cumplicidade mais ou menos assim: Eles aprovam tudo que ela quiser fazer e eles podem fazer o que quiserem dentro dos seus respectivos ministérios, desde que, é claro, não se deixem cair em desgraça com a Editora A, a emissora B, etc… Neste caso terão que ser imediatamente substituídos por um colega do mesmo Partido. Apenas que chamarão à isso de faxina.

Eu: E o dinheiro roubado?

Você: Quem levou, fica. Esquece.

Eu e Você: Esquecer?

 

Referência publicação da Globo em 02/03/12

Artigos Relacionados:

Publicado na categoria: Blog do Cidadão Independente | Com a tag , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Efetue a operação abaixo: *