Brasil fica com o 73º lugar no ranking dos países mais corruptos

Um ranking sobre corrupção divulgado nesta quinta-feira pela ONG Transparência Internacional mostra o Brasil ocupando o 73º entre 183 nações.

Comparado a 2010, o país teve melhora pequena já que, na época, ocupava o 69º lugar e tinha nota 3,8. Agora o Brasil marca 3,7, mas caiu quatro posições. De acordo com a pesquisa, quanto mais abaixo é o lugar no ranking, mais corrupção existe no país.

No topo da lista está a Nova Zelândia, com nota 9,5. Os vice-campeões em honestidade política são Dinamarca e Finlândia, que obtiveram 9,4 ponto.

Já as piores classificações ficaram com a Coreia do Norte e a Somália com apenas 1 ponto. Segundo a ONG, mais de 60% dos classificado tiveram nota menor do que 5.

Venezuela em penúltimo lugar geral

Na América Latina, o Chile foi o melhor colocado no ranking, com o 22º lugar, saindo na frente dos Estados Unidos e da França que, por sua vez, empatou com o Uruguai.

Resultados ruins foram apresentados pela Argentina (100º, Equador (120º) e Paraguai (154º). Mas, a lanterna sulamericana ficou com a Venezuela, registrando o penúltimo lugar geral.

O estudo da Transparência Internacional se baseou nos níveis de corrupção do setor público e usa dados de 17 pesquisas sobre cumprimento de regras anticorrupção, conflitos de interesse, propinas em contratos públicos, conduta de funcionário e desvios de verbas do Estado.

A ONG divulgou, em novembro, uma lista das 28 principais economias do mundo, na qual o Brasil aparece em 14º lugar no ranking dos países com empresas que mais pagam suborno para negócios no exterior. Em 2008, a mesma pesquisa identificou o Brasil três posições à frente, ou seja, 17º posição.

Fonte: Sidney Rezende

Artigos Relacionados:

Publicado na categoria: Notícias | Com a tag , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Efetue a operação abaixo: *