Contratos públicos será investigado pelo Parlamento por causa de corrupções

Os deputados burkinabes votaram terça-feira por unanimidade a criação de uma comissão de inquérito sobre a corrupção na atribuição dos contratos públicos, noticiou a AFP.

A resolução foi submetida à votação por uma rede de parlamentares que lutam contra a corrupção, denominada “rede Burkindi”.

“Todos falam sobre o desenvolvimento da corrupção, diz-se que nos contratos públicos o fenómeno está bastante desenvolvido, o governo diz que faz esforços para a transparência, não podemos nos contentar com isso. É de bom tom que possamos entender a questão para ajudar a travar a corrupção”, declarou o deputado da oposição, Norbert Michel Tiendrébéogo, durante os debates.

“O controlo parlamentar está também destinado à administração pública”, considerou um deputado da maioria, Mélégué Maurice Traoré, apoiando a resolução.

Dez parlamentares, que têm 45 dias para apresentar o seu relatório, deverão realizar investigações no sector das contratações públicas.

“Há frequentes denúncias destes casos de corrupção no sector dos contratos públicos. Temos um estudo que demonstra que é preciso pagar 50% de comissão para obter um contrato público”, declarou à AFP Elie Kaboré, da Rede nacional de luta anti -corrupção (Ren-Lac).

Os deputados criaram igualmente uma comissão sobre as subvenções no sector da saúde. A comissão, que trabalhará também um prazo de 45 dias, vai investigar sobre as consequências do tratamento gratuito com anti -retrovirais para os doentes de sida.

O governo do presidente Blaise Compaoré foi confrontado de Fevereiro a Junho com uma crise social sem precedentes marcada por violentas manifestações populares e sobretudo com uma onda de motins.

Fonte: Angop

Artigos Relacionados:

Publicado na categoria: Notícias | Com a tag , , , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Efetue a operação abaixo: *