Detidos por corrupção ativa os policiais militares da 4ª Companhia de Londrina.

Dois soldados da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), na zona norte de Londrina, foram detidos na última quarta-feira (5), acusados de corrupção ativa. A informação veio a público durante o final de semana e foi confirmada ao portal odiario.com, na manhã desta segunda-feira (10), pelo comandante da unidade, major Hilberaldi Correia Lima.

Um dos policiais estava há cinco anos na corporação e outro há três anos. Segundo o major, todas as investigações foram desencadeadas pela 4ª CIPM, através do Serviço Reservado, após o recebimento de denúncias há alguns meses. Durante o cumprimento das prisões foi feito o pedido de auxílio da Corregedoria da Polícia Militar.

“As informações chegam para nós. Não podemos detalhar até para preservar a fonte, mas informações chegam até nós por telefone, às vezes pessoalmemente, documentalmente. A partir de uma situação, começamos a investigar”, comentou.

Os mandados de prisão foram expedidos pela 5ª Vara Criminal de Londrina, já um mandado de busca e apreensão foi decretado pela Auditoria da Justiça Militar, de Curitiba. Um dos soldados atualmente está detido no 15º Batalhão de Rolândia (24 km de Londrina) e o outro no 5º Batalhão, na zona sul de Londrina.

O comandante da 4ª Companhia preferiu não detalhar o que foi apreendido nas buscas e qual foi o ato de corrupção cometido pelos suspeitos. “Como nós temos outras investigações, elas estão em andamento, eu posso prejudicar as investigações se passar essas informações”, ponderou.

Além de responder criminalmente, os soldados serão alvos de um processo administrativo que vai decidir se eles seguem na Polícia Militar.

Fonte: O Diario

Artigos Relacionados:

Publicado na categoria: Notícias | Com a tag , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Efetue a operação abaixo: *