Dilma Rousseff: Governo que permite corrupção é ineficiente

A presidente Dilma Rousseff afirmou em entrevista à revista “Carta Capital” que o governo que se deixa capturar pela corrupção é “altamente ineficiente”.

“Por uma questão não só de ética e moral, mas de eficiência, você é obrigado a tomar providência”, afirmou Dilma.

Sobre as acusações de corrupção que atingiram o seu governo, a presidente disse que suas decisões para afastar os envolvidos não foram pautadas pela mídia.

“Nem na história do Transportes, nem no caso da Agricultura ou de qualquer outro caso que por ventura ocorra, não temos o princípio de ficar julgando as pessoas.”

Segundo ela, isso não significa que o governo não dá importância à imprensa. “Agora, não vou gastar nisso todo o meu tempo, que é político.”

Na entrevista, Dilma também minimizou a reação dos militares à indicação de Celso Amorim para o Ministério da Defesa. “Não estamos mais na época das vivandeiras”, afirmou.

Para a presidente, o episódio que culminou na saída de Nelson Jobim é página virada.

“Nem na época da monarquia o rei era insubstituível, havia aquela história dos dois corpos do rei, o divino e o humano. O rei morreu, viva o novo rei”, disse.

Ela ainda disse que ficou perplexa com decisão da agência Standard & Poor´s de rebaixar a nota da dívida dos Estados Unidos. “Não houve nenhuma grande alteração, a não ser política, que justificasse”, completou.

Sobre a Copa do Mundo de 2014, Dilma voltou a dizer que não haverá problema para o evento. “O problema dos aeroportos não é da Copa, é algo para depois de amanhã. Asseguro que em 2014 estará tudo prontinho.”

Ela defendeu a criação da Comissão da Verdade. “Queremos que seja unânime nas bancadas do Congresso. Não há motivo nenhum para o PSDB e o DEM não a aprovarem”, disse.

A presidente ainda falou da construção do trem-bala ligando o Rio a São Paulo. “Não se trata de apenas oferecer mais uma alternativa de transporte, mas de produzir uma reconfiguração urbana.”

Fonte: AgoraMS

Artigos Relacionados:

Publicado na categoria: Notícias | Com a tag , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Efetue a operação abaixo: *