Dilma tem 38%; Aécio 20% e Campos 9%, no Datafolha

download
São Paulo – Pesquisa Datafolha publicada pela Folha nesta quinta-feira, 03, mostra que, no cenário mais provável para as eleições de outubro, as intenções de voto na presidente Dilma Rousseff (PT) subiram de 34% em junho para 38% neste início de julho. O pré-candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves, apresentou alta, de 19% para 20%. O pré-candidato do PSB, Eduardo Campos, oscilou de 7% para 9%.

No mês passado, a soma de todos os concorrentes de Dilma alcançava 32%, ante 34% da presidente. Agora, Dilma empata com os opositores, com 38% contra 38%. Brancos e nulos somam 13%, ante 19% em junho. Os indecisos ainda são cerca de 11%, ante 13% no mês anterior.

Nesse cenário, que inclui as candidaturas de partidos nanicos, o pastor Everaldo (PSC) aparece com 4% (ante 4% em junho). José Maria (PSTU) tem 2%, e Eduardo Jorge (PV), 1%. No levantamento de junho, cada um tinha 1% das intenção de voto. Mauro Iasi (PCB) e Luciana Genro (PSOL) também somam 1% das intenções. Levy Fidelix (PRTB) e Eymael (PSDC) não pontuaram.

Segundo turno

Nos cenários para o segundo turno, Dilma ganharia de Aécio com 46% dos votos, contra 39%. Em junho, o placar era de 46% da petista contra 38% do tucano.

Se o adversário fosse o pessebista Eduardo Campos, Dilma venceria com 48% dos votos contra 35%. Em junho, esse cenário apontava 47% para a atual presidente contra 32% do ex-governador de Pernambuco.

Taxa de rejeição

A taxa de rejeição da presidente Dilma Rousseff é de 32%, abaixo dos 35% do levantamento anterior. Aécio Neves e Eduardo Campos têm, respectivamente, 16% e 12% de rejeição. Em junho, a porcentagem de entrevistados que disseram que não votariam de jeito nenhum em um dos dois candidatos era de 29% para ambos.

Raio-X

Ao dividir a pesquisa por segmentos, o Datafolha mostra que a popularidade da presidente Dilma varia muito entre as regiões. No Nordeste, onde a petista obteve o melhor desempenho, Dilma tem 55% das intenções de voto, ante 44% no Norte e 35% no Centro-Oeste. No Sul, Dilma tem 33%, ante 22% de Aécio. No Sudeste, onde obtém 28% das intenções de voto, ela se encontra em situação de empate técnico com o tucano, que tem 27%.

A presidente também leva vantagem entre os mais pobres. No grupo dos que vivem em famílias com renda de até dois salários mínimos, Dilma tem 45%. Entre os que recebem de cinco a dez salários, ela alcança 26%. No estrato dos mais ricos, tem 30%.

O levantamento do Datafolha foi feito entre os dias primeiro e 2 de julho, com 2.857 eleitores em 177 municípios do País. A pesquisa foi registrada no TSE sob o protocolo BR-00194/2014 e tem margem de erro máxima de 2 pontos porcentuais e nível de confiança de 95%.

Fonte: EM

Artigos Relacionados:

Publicado na categoria: Notícias | Com a tag , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Efetue a operação abaixo: *