Líder do PSDB irá ao Senado falar sobre denúncias de corrupção

O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, comparecerá à Comissão de Agricultura do Senado na próxima quarta-feira, para falar sobre as denúncias de corrupção na pasta. O requerimento do líder do PSDB, Alvaro Dias (PR), pedia inicialmente a convocação do ministro para prestar esclarecimentos sobre “as denúncias de corrupção, fraudes e propinas no ministério”. Mas senadores da base aliada do governo reiteraram o pedido de comparecimento sob a forma de um convite “para falar do desempenho da pasta”. A data foi marcada por Rossi. Seu comparecimento atende à estratégia montada no Palácio do Planalto para esvaziar a ação da oposição com relação a ministros acusados de envolvimento em irregularidades.

Dentro da mesma estratégia, Wagner Rossi compareceu na quarta-feira passada à Comissão de Agricultura da Câmara, onde negou a existência de corrupção da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), denunciada pelo ex-diretor Oscar Jucá Neto, irmão do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

Ainda na Comissão de Agricultura do Senado e também “convocados” pela oposição e depois “convidados” por senadores governistas, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, e o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Celso Lisboa de Lacerda, ainda não marcaram a data de comparecimento. Alvaro Dias quer ouvi-los sobre “negociação ilegal de terras que deveriam ser destinadas à reforma agrária”. Já o senador Walter Pinheiro (PT-BA) quer que eles prestem informações “sobre assuntos relacionados à pasta”.

Fonte: Paraná Online

Artigos Relacionados:

Publicado na categoria: Notícias | Com a tag , , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Efetue a operação abaixo: *