Observatório da Corrupção é lançado pela OAB

Audiência Pública na Comissão de Direitos Humanos do Senado, na próxima terça-feira (23),discutirá o problema com várias entidades da sociedade civil.

Brasília, 16/08/2011 – A Ordem dos Advogados doBrasil (OAB) lança na próxima semana em Brasília o Observatórioda Corrupção, considerado um primeiro passo dentro do Movimento Nacional deLuta sem Medo contra a Corrupção com o qual a entidade pretende atrair adesãode parceiros da sociedade civil, inclusive partidos políticos, estudantese dirigentes sindicais, comprometidos com a bandeira de resistência aosdesmandos com a coisa pública e à impunidade no País.

O anúncio foi feito pelo presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, após se reunir reservadamente com os senadores Pedro Simon(PMDB-RS), Cristovam Buarque (PDT-DF), Luiz Henrique (PMDB-SC) e Paulo Paim(PT-RS).

A reunião aconteceu no gabinete do senador Simon, que lançou nesta segunda-feira da tribuna do Senado um movimento suprapartidáriocontra corrupção e impunidade. “Hipotecamos aos senadores nossasolidariedade ao movimento, ao mesmo tempo que informarmos nossa intenção daOAB de debater e desenvolver formas de ataque à corrupção, que é um clamor dasociedade brasileira”, disse Ophir Cavalcante à saída do encontro. Segundoele, dois passos importantes rumo ao combate à corrupção, por essaarticulação de forças, já ficaram definidos na reunião de hoje: além doObservatório da Corrupção que a OAB estará instalando no próximo dia 24, umaaudiência pública na Comissão de Direitos Humanos do Senado, na próximaterça-feira (23), discutirá o problema com várias entidades da sociedade civil.

O Observatório da Corrupção, conforme Ophir, é uminstrumento que a OAB criará para dar maior visibilidade à sociedadebrasileira sobre os casos de corrupção e desvios de recursos públicos queestejam em julgamento no Poder Judiciário. Com amparo em sua Comissão Especialde Combate à Corrupção e à Impunidade, a ideia da entidade édisponbilizar no site do Conselho Federal todos os processos que tratam decorrupção. “O Observatório vai funcionar assim como uma ponte entre a OABe a sociedade civil brasileira para que passe a acompanhar, fiscalizar e cobrarações mais determinadas que dêem um basta à corrupção em nosso País”,explicou Ophir.

O presidente nacional da OAB destacou, todavia, queObservatório pretende funcionar como um embrião ou pontapé inicial de ummovimento maior de resistência e repúdio à corrupção em todo o País,envolvendo todas as 27 Seccionais da entidade, suas mais de 1 mil Subseções comcapilaridade em todo o País, sem contar a adesão que espera de outras entidades edos partidos políticos comprometidos com essa luta.

Assessoria de Comunicação do Conselho Federal da OAB

17/08/2011

Abaixo, o requerimento dos senadores convocandoa audiência pública

REQUERIMENTO

SenhorPresidente da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa,

Senador PAULO PAIM,

Com fundamento no disposto no art. 58, § 2º, inciso II, daConstituição Federal, combinado com o art. 90, inciso II, do Regimento Internodesta Casa, REQUEREMOS a realização de Audiência Pública nesta Comissão, para debateras ações contra a corrupção e a impunidade no país.

Para a realização da audiência, sugiro que sejam convidados: DomRaymundo Damasceno Assis, Presidente da Conferência Nacional dos Bispos doBrasil – CNBB; Ophir Cavalcante, Presidente da Ordem dos Advogados doBrasil – OAB; Maurício Azêdo, Presidente da Associação Brasileira deImprensa – ABI; José Geraldo de Sousa Júnior, Reitor da Universidade deBrasília – UNB; Marlon Reis e Jovita José Rosa, Representantes do Movimento de Combateà Corrupção Eleitoral – MCCE e Dom Manuel João Francisco, Presidente doConselho Nacional das Igrejas Cristãs do Brasil – CONIC.

Sala das Comissões,

Senador PEDRO SIMON

Senador PAULO PAIM

Senador CRISTOVAM BUARQUE

Senador LUIZ HENRIQUE

Senadora ANA AMÉLIA

Senador EDUARDO SUPLICY

Senador MOZARILDO CAVALCANTI

Senador RANDOLFE RODRIGUES

Senador PEDRO TAQUES

Senador MARCELO CRIVELLA

Brasília, 16/08/2011

Fonte: Jornal Já

Artigos Relacionados:

Publicado na categoria: Notícias | Com a tag , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Efetue a operação abaixo: *