Polícia Federal descobre corrupção em 3 prefeituras do Piauí

O superintendente da Polícia Federal, Nivaldo Farias de Almeida, o delegado regional, José Olegario Pereira Nunes, o delegado federal, Ronaldo Prado e o assessor de Operações Especiais da Controladoria Geral da União (CGU) , Wagner de Campos Rosário, concederam entrevista coletiva na Polícia Federal sobre a Operação Iceberg, que realizou mandados de busca e apreensão para apurar desvios de R$ 6 milhões da Prefeitura de Pavussu.

O delegado José Olegario Nunes afirmou que operações semelhantes serão realizadas em municípios do interior do Piauí, onde foram feitas denúncias de desvio de recursos públicos federais destinados à saúde e educação.

No caso de Pavussu, foram executados mandados de busca a apreensão na casa do prefeito Elias Neto e na Prefeitura Municipal.

Outros mandados também foram executados nos municípios de Piracuruca e Floriano. Em Teresina o foco foi nas empresas fantasma de contabilidade.

PF deflagra operação para prender gestores acusados de corrupção

A superintendência da Polícia Federal no Piauí deflagrou a operação ‘Iceberg’ para prender gestores públicos em Floriano, Piracuruca, Pavussu, e também foram executados mandados na capital, Teresina.

A operação ‘Iceberg’ tem o intuito de prender pessoas envolvidas em desvios de recursos públicos federais.

Em Pavussu, os agentes da Polícia Federal fizeram busca e apreensão na casa do prefeito Elias Neto e na sede da prefeitura.

Em Teresina e Floriano, os policiais fizeram busca e apreensão de documentos relacionados com a contabilidade das prefeituras das cidades de Pavussu e Piracuruca.

Fonte: Jornal Luzilândia

Artigos Relacionados:

Publicado na categoria: Notícias | Com a tag , , , , , , , , , | Faça seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Efetue a operação abaixo: *